Julho Amarelo: o mês do combate às hepatites virais

Por OGS SAUDE. | 13 de julho de 2021

Na onda dos meses coloridos focados em prevenção a doenças sérias, o Julho Amarelo foi criado para conscientização das hepatites virais. Esse conjunto de doenças ataca principalmente o fígado, e pode provocar problemas sérios como cirrose e câncer. 

Existem diferentes tipos de hepatite viral: A, B, C, D e E. Cada tipo é provocado por um agente infeccioso diferente.
No começo, todas essas versões não tendem a apresentar sintomas. Porém, com o passar do tempo, surgem sintomas como:

Cansaço, mal-estar, febre, tonturas, enjôos, vômitos, dores abdominais, icterícia (pele e olhos amarelados), urina de tom mais escuro, fezes de tons mais claros, e em casos mais sérios problemas cardiovasculares, dificuldades cognitivas e depressão.

De 2000 a 2018, foram registradas 74.864 mortes no Brasil em decorrência das hepatites virais. Na pandemia, o número de testes e tratamentos realizados contra a hepatite C caiu entre 40 e 50%. Por isso, sempre reforçamos a importância de incentivar a prevenção, o diagnóstico e o tratamento adequado.

A OGS apoia integralmente todos os meses coloridos da saúde, e encampamos com orgulho este Julho Amarelo.
Fique atento às nossas redes sociais, e compartilhe a prevenção e o conhecimento!